PILATES E GESTAÇÃO: uma boa combinação

PILATESjpg1

Hoje vamos falar um pouquinho dos beneficios do pilates na gestação, eu amo o pilates…. acho até q todas as mulheres deveriam fazer… Ele foi uma descoberta e tanto e está alcançando resultados muito satisfatórios. O pilates é feito com ou sem aparelhos ou acessórios, individualmente ou em grupo em muitas academias… confere aí alguns beneficios para o nosso corpo!!!

Pilates é um método de condicionamento físico e mental, com exercícios aparentemente suaves que trabalha o corpo e mente de forma integrada. Os exercícios de baixo impacto e de poucas repetições proporcionam resultados eficazes, e ao mesmo tempo, menos desgaste das articulações e dos músculos.

O foco é a melhora da saúde, a busca do bem estar e de maior qualidade de vida. Dentre os benefícios, estão a correção postural e intenso trabalho respiratório, aumento da flexibilidade e do tônus muscular, alivio das tensões, estresse e dores crônicas, melhora a coordenação motora, melhora a concentração e percepção corporal. A maioria dos exercicios é feita na horizontal, baseada nos principios da respiração onde deve ser sempre coordenada com o movimento.

Muitas gestantes deixam de praticar exercícios físicos devido ao cansaço característico no início e ao excesso de sono. Os movimentos de pilates podem ser muito úteis, especialmente por fortalecerem o chamado assoalho pélvico, melhorar  a tensão na parte superior das costas e prevenir lombalgias. Os movimentos devem ser feitos de forma a ajudar a melhorar a circulação, principalmente dos membros inferiores, evitando edemas e cãimbras.

A melhora do tônus muscular e na circulação, obtida através da pratica de pilates tb será de valor durante o trabalho de parto. Uma circulação melhorada permite uma maior oferta de oxigênio para o útero e torna o parto menos sofrido para o bebê e as técnicas de respiração utilizada no pilates podem ajudar no controle da respiração durante o parto. Qualquer gestante pode fazer desde que tenha autorização médica. O ideal é q seja realizado 2x na semana.

A adaptação dos exercícios é feita para todas as fases da gestação.

Após o parto, a mulher já pode voltar com os exercícios, com acompanhamento, em média, depois de 30 dias. Mas antes é importante se certificar com o médico.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s